.


“Se servistes a Pátria que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis e ela, o que costuma”


(Do Padre António Vieira, no "Sermão da Terceira Quarta-Feira da Quaresma", na Capela Real, ano 1669. Lembrado pelo ex-furriel milº Patoleia Mendes, dirigido-se aos ex-combatentes da guerra colonial.).

-

"Ó gentes do meu Batalhão, agora é que eu percebi, esta amizade que sinto, foi de vós que a recebi…"

(José Justo)

-

“Ninguém desce vivo duma cruz!...”

António Lobo Antunes, escritor e ex-combatente

referindo-se aos ex-combatentes da guerra colonial


.

.
.

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

RECONHECIMENTO

ESTES SÃO OS EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART. FALTAM AQUI OS EMBLEMAS DAS UNIDADES DA ARMADA E DA FORÇA AÉREA QUE TANTAS VEZES FORAM AO ENXUDÉ, A TITE, A NOVA SINTRA E OUTROS AQUARTELAMENTOS, PARA ENTREGA E LEVANTAMENTO DE CORREIO, REABASTECIMENTOS DE GÉNEROS E MATERIAL BÉLICO E OUTRO DIVERSO, OU PARA EVACUAÇÃO DE MORTOS E FERIDOS E TAMBÉM PARA FLAGELAÇÃO DO IN. E AINDA VÁRIAS UNIDADES DE INTERVENÇÃO RÁPIDA TAIS COMO PARAQUEDISTAS, FUZILEIROS, COMANDOS E OUTRAS COMPANHIAS, PELOTÕES OU SECÇÕES, PARA AJUDA EM MOMENTOS MAIS DIFICEIS.

Facebook

Para abrires o nosso FACEBOOK, clica aqui


______________________________________________________________

terça-feira, 20 de junho de 2017

Palavras do filho do Heitor e de vários amigos

Ainda que se tenha tratado de uma cerimónia muito pessoal e profundamente intensa, não posso deixar de agradecer publicamente aos camaradas Paraíso Pinto, Leandro Guedes e a todos os camaradas do Bart Tite Guine Bissau este momento sobre a memória do meu pai.
Agradeço ainda ao
Alberto Figueiredo, ao Luís Cúrdia, ao Silvino Oliveira, à Maria Crespo a sua presença e a muitos outros que me manifestaram indisponibilidade de presença, mas reconhecimento pelo justo acto.
Um abraço a todos os camaradas e amigos

E como ouvi e o Alberto Figueiredo registou, guardo com muito orgulho as palavras dos camaradas do meu pai: "era um homem preocupado com os seus amigos e com a população autotene, sem qualquer tipo de ódios".
Pois foi assim que o conheci e assim fui educado.
João Caldeira Heitor
----------------------------
Comentários, publicados no facebook do Batalhão:

Hortense Martins grande abraço amigo e solidario João.

Maria Crespo Na guerra ou na paz "não se fazem amigos, reconhecem-se."


Maria Crespo A ti João Caldeira Heitor um beijinho de longa e profunda amizade

Maria Jose Órfão Meu amiguinho compreendo o teu reconhecimento. Sao momentos inesquecíveis.
Beijinhos


Maria Emilia Matafome Bonita homenagem que fizeram ao Heitor!

Félita Coelho Justa homenagem ao meu amigo Heitor de quem tenho saudades !
Beijinho João, o teu pai era um homem justo,alegre , amigo e por isso é recordado por muita gente com saude!
Ana Filipa Nunes Ferreira Deixou-te a ti para dar continuidade a todas estas palavras bonitas. Um grande beijinho

Joaquim Antonio Dos Reis Justa homenagem a um homem bom e que felizmente conseguiu transmitir a seu filho seus bons costumes e esteja onde estiver decerto muito grato estará a todos
Ana Filipa Moutinho Beijinho e abraço. Muitas saudades.

Nuno Pereira Sem palavras amigo... e o que me lembro do teu Pai pá...Abraço

nota do BART - A todos aqueles que de algum modo estiveram ligados a este acto, seja com a feitura das placas, seja com a contribuição voluntária no almoço de Vilar Formoso, sejam as pessoas que clicaram no "Gosto", seja aqueles que participaram com os seus comentários e também e principalmente aqueles que puderam estar presentes no cemitério, o nosso muito obrigado com a certeza de que o João já não está só. Um grande abraço a todos. Bem hajam! Paraiso Pinto/Leandro Guedes.

Sem comentários: